Últimas Notícias


Para a AFERAM, Associação de Folclore e Etnografia da Madeira, a componente formativa assume um papel de primordial importância no processo de qualificação dos agentes culturais ligados ao campo da cultura tradicional e popular na Madeira.

É, deste modo, que a AFERAM assumiu uma parceria com a Federação do Folclore Português e o Instituto Piaget (ISEIT de Almada - Ensino Universitário), para que houvesse acesso privilegiado a todos os interessados pelas problemáticas do folclore, da etnografia e dos estudos sobre a cultura tradicional e popular a um Curso de Pós-graduação em Património Cultural Tradicional e Popular Português, na Madeira. Que irá funcionar aos sábados, durante 6 meses e num sistema flexível, de ensino à distância, pelo que, serão aceites candidaturas de todo o território nacional.

Todos os interessados poderão frequentar este curso de ensino superior mesmo que não possuam licenciatura. Este será, porventura, um dos aspetos mais positivos desta formação pois não exclui ninguém relativamente ao acesso, frequência e certificação.

O desenho curricular abrange um largo espectro de temáticas que envolvem o campo do folclore e da etnografia, numa rara oportunidade de se poder aprofundar cientificamente muitos dos assuntos que normalmente não são objeto de debate nos habituais fóruns de formação de curta duração.

Pelo exposto, sublinhamos a importância de todos os interessados realizarem a sua candidatura até ao dia 18 de setembro de 2020, enviando a respetiva documentação (Ficha de estudante (em anexo); Carta de apresentação; Curriculum académico, científico e profissional; Fotocópia do Bilhete de Identidade; Certificado de habilitações;

Comprovativo do pagamento da candidatura - 50.00€), através do seguinte endereço de correio eletrónico: pg.pctpp@gmail.com.

 

Curso de Pós-graduação
em Património Cultural Tradicional e Popular Português

Nas últimas décadas tem-se constatado uma importante evolução na concetualização teórica incidente no entendimento de “património cultural” promovida, em grande medida, pela intervenção e liderança da UNESCO. Esta conjuntura surge pela emergente tendência para a valorização da diversidade identitária dos seres humanos no contexto de um mundo globalizado carente de referências culturais.

Por sua vez, a temática do património cultural tem vindo a assumir um crescente protagonismo ganhando cada vez maior interesse no seio da nossa sociedade, assim como no âmbito da União Europeia, que elegeu 2018 como ano europeu do património cultural.

O interesse pelo património cultural tradicional e popular em Portugal tem vindo a consolidar-se desde o 25 de abril, centrando-se, em muito, no movimento associativo voluntário e ganhando, igualmente, crescente interesse no âmbito do poder local. Não obstante, pelas características próprias do movimento associativo amador, surge a necessidade de promover, junto destes agentes culturais, bases académicas para uma abordagem científica a este campo do conhecimento.

 

Local da formação

Madeira / ensino à distância

 

Calendário escolar

O curso funciona ao Sábado nos períodos da manhã e tarde (9:00h - 13:00h | 14:00h – 18:00h).

 

6 meses • 40 Créditos ECTS

 

Plano de estudos

UC – 1.º Semestre

CH

 ECTS

Património, Memória e Identidade

 8 TP

2.5

Projeto Cultural

 8 TP

2.5

Museologia Contemporânea

 8 TP

2.5

Folclore e Folclorização em Portugal

 8 TP

2.5

Ciências Documentais

 8 TP

2.5

Medicina Tradicional e Popular

 8 TP

2.5

Artes do Espetáculo – Voz

 8 TP

2.5

Artes do Espetáculo – Etno-Encenação

 8 TP

2.5

Trajar Tradicional e Popular

 12 TP

2.5

Literatura Tradicional e Oral

 8 TP

2.5

Artesanato Tradicional

 8 TP

2.5

Música Tradicional e Popular

 8 TP

2.5

Dança Tradicional e Popular

 16 TP

2.5

Sociologia do Território e Comunidades

 8 TP

2.5

Patrimónios Alimentares

 8 TP

2.5

Gestão Cultural

 12 TP

2.5

Legenda: UC – Unidade Curricular, CH Carga Horária, ECTS – Créditos ECTS

 

Corpo Docente
Daniel Café, Lurdes Farinha, Ludgero Mendes, Vera Ferreira, José Garrucho Martins, Filipe de Moura, Manuel Farias, Emília Francisco, António Gabriel, Fernando Vieira, Bruno Ferreira, José Alberto Rodrigues, Avelino Correia e Diogo Carvalho.

Coordenação: Bruno Ferreira (bruno.ferreira@almada.ipiaget.pt)

 

Requisitos de acesso

O ingresso na pós-graduação pode ser realizado por detentores do grau de Licenciado, ou equivalente legal, na área das Ciências Sociais e Humanas, Estudos Culturais, Artes e Humanidades; folcloristas; dirigentes associativos; técnicos superiores de museus; bibliotecários e arquivistas; técnicos municipais das distintas áreas do Património e outros gestores culturais.

Poderão ser admitidos candidatos que não possuam estes requisitos. No entanto, o seu percurso e conhecimentos adquiridos por via profissional deve justificar a sua admissão.

Não licenciados, que ficarão certificados com o Curso de Formação Complementar em Património Cultural Tradicional e Popular Português.

Só serão consideradas válidas as candidaturas após a entrega dos documentos necessários (Carta de apresentação; Curriculum académico, científico e profissional; Fotocópia de documento de identificação e Certificado de habilitações indicando o Grau com que se candidata) e cujo pagamento tenha sido efetuado no prazo estabelecido.

 

Fixação de vagas

N.º de vagas: 40

Número mínimo de matrículas necessárias ao funcionamento do curso de formação pós-graduada: 20

 

Propinas

A candidatura tem o custo de 50.00€ (não reembolsável).
O pagamento deverá ser efetuado via transferência bancária, para o NIB 0045 3170 4025 9667 2143 4 (Pódio de Recordações – Associação Etno-Folclórica).

Propinas do curso: 700 euros ou 5 prestações de 140 euros.

 

Curso de Formação Pós-Graduada, ministrado ao abrigo do n.º 1, alínea d), Artigo 39.º * Decreto-Lei n.º 74/2006 de 24 de Março.

 

 Alguma dúvida relacionada com plano de estudos, consultem o sítio institucional: https://ipiaget.org/patrimonio-cultural-tradicional-e-popular-portugues/

Outras dúvidas sobre a candidatura podem entrar em contato com o secretariado pg.pctpp@gmail.com ou aferam.madeira@gmail.com. 

 

 

Curso de Pós-graduação em Património Cultural Tradicional e Popular Português

Caros Folcloristas,

Este ano, a situação pandémica do COVID-19 não nos permitiu vivenciar esta data de uma forma mais festiva e próxima.

Ao longo do dia foram realizados vários posts sobre a efeméride, no Facebook, na página da FFP https://www.facebook.com/FederacaoDoFolclorePortugues/

Deixaremos os discursos do Sr. Presidente da Assembleia-Geral da FFP, Dr. Ludgero Mendes e do Sr. Presidente da Direção, Prof. Dr. Daniel Café.
Destacamos também a mensagem que a Sra. Ministra da Cultura, Dra. Graça Fonseca.

Bom DIA NACIONAL DO FOLCLORE PORTUGUÊS a todos.

https://www.facebook.com/FederacaoDoFolclorePortugues/videos/562073317827337/

Dia Nacional do Folclore 2020